Explore Costumes, Within and more!

Explore related topics

Natal na Alemanha de 1939  O solstício de inverno A celebração comunitária de Natal real, que não pode realizar este ano, devido às exigências da guerra, é o solstício de inverno. Por muitos tem sido uma parte de nossas celebrações de Natal que já não pode ser celebrado sem ele. Ele deve de modo algum substituir a celebração do Natal dentro da família. Este antigo costume de nossos antepassados deve aprofundá-lo e enriquecê-lo.

Natal na Alemanha de 1939 O solstício de inverno A celebração comunitária de Natal real, que não pode realizar este ano, devido às exigências da guerra, é o solstício de inverno. Por muitos tem sido uma parte de nossas celebrações de Natal que já não pode ser celebrado sem ele. Ele deve de modo algum substituir a celebração do Natal dentro da família. Este antigo costume de nossos antepassados deve aprofundá-lo e enriquecê-lo.

(Flanders) Unknown Netherlandish Artist~Figures in a Rose Garden 1450-1455

(Flanders) Unknown Netherlandish Artist~Figures in a Rose Garden 1450-1455

Atenção! Você recebeu uma herança! Este salmo de Asafe foi escrito com o evidente propósito de mostrar a ação providencial de Deus na vida de seu povo. O poeta evita manifestações pessoais. O que conta é a história sofrida e abençoada de um que conquista, guiados por Deus e sob a liderança de Moisés, a condição de um povo que faz aliança com o Senhor e precisa guardá-la.

Atenção! Você recebeu uma herança! Este salmo de Asafe foi escrito com o evidente propósito de mostrar a ação providencial de Deus na vida de seu povo. O poeta evita manifestações pessoais. O que conta é a história sofrida e abençoada de um que conquista, guiados por Deus e sob a liderança de Moisés, a condição de um povo que faz aliança com o Senhor e precisa guardá-la.

Caminhadas Gonçalves Dias, o poeta, nos previne: “Viver é lutar.” E o russo Maiakovski é ainda mais radical quando registra: “Morrer não é difícil; o difícil é a vida e o seu ofício”. O profeta Isaías, por outro lado, nos fala daqueles cuja esperança está em Deus como vivendo uma venturosa caminhada: “caminham e não se fatigam”.

Caminhadas Gonçalves Dias, o poeta, nos previne: “Viver é lutar.” E o russo Maiakovski é ainda mais radical quando registra: “Morrer não é difícil; o difícil é a vida e o seu ofício”. O profeta Isaías, por outro lado, nos fala daqueles cuja esperança está em Deus como vivendo uma venturosa caminhada: “caminham e não se fatigam”.

Que se me convençam mediante testemunho das Escrituras e claros argumentos da razão, porque não acredito nem no Papa nem nos concílios já que está provado amiúde que estão errados, contradizendo-se a si mesmos - pelos textos da Sagrada Escritura que citei, estou submetido a minha consciência e unido à palavra de Deus. Por isto, não posso nem quero retratar-me de nada, porque fazer algo contra a consciência não é seguro nem saudável. Não posso fazer outra coisa, esta é a minha posição. Que…

Que se me convençam mediante testemunho das Escrituras e claros argumentos da razão, porque não acredito nem no Papa nem nos concílios já que está provado amiúde que estão errados, contradizendo-se a si mesmos - pelos textos da Sagrada Escritura que citei, estou submetido a minha consciência e unido à palavra de Deus. Por isto, não posso nem quero retratar-me de nada, porque fazer algo contra a consciência não é seguro nem saudável. Não posso fazer outra coisa, esta é a minha posição. Que…

Um auto para o seu Natal  Texto do rev. Jonas Rezende que retrata um Jesus mais velho, não mais um menino. Um Jesus que tem responsabilidades e compromissos. Esse é um jogral para 6 ou 8 pessoas de ambos os sexos. Um jogral para jovens e não juvenis. Está dividido em 3 partes pela limitação de espaço desse blog.

Um auto para o seu Natal Texto do rev. Jonas Rezende que retrata um Jesus mais velho, não mais um menino. Um Jesus que tem responsabilidades e compromissos. Esse é um jogral para 6 ou 8 pessoas de ambos os sexos. Um jogral para jovens e não juvenis. Está dividido em 3 partes pela limitação de espaço desse blog.

Quem contará às crianças? II  Não basta lutar contra os lobos. Temos que alimentar as ovelhas também. De nada adianta discutirmos doutrinas teológicas se não acontece a iluminação no lar. Quem contará às crianças as histórias que nos encantaram quando éramos crianças? As escolas? Eu duvido. Eu penso que as escolas já fazem muito em corrigir alguns erros que cometemos em casa e na sociedade. Como esperar que os professores supram uma tarefa que foi destinada à igreja?

Quem contará às crianças? II Não basta lutar contra os lobos. Temos que alimentar as ovelhas também. De nada adianta discutirmos doutrinas teológicas se não acontece a iluminação no lar. Quem contará às crianças as histórias que nos encantaram quando éramos crianças? As escolas? Eu duvido. Eu penso que as escolas já fazem muito em corrigir alguns erros que cometemos em casa e na sociedade. Como esperar que os professores supram uma tarefa que foi destinada à igreja?

Tudo isso graças à Evolução Universal? V Para encerrar esta série, eu gostaria de falar da relevância que cada cultura teve ao longo da história. Logicamente que não vou ser maquiavélico e querer usar os quase dois mil anos do pensamento cristão com os pouco mais de cento e vinte anos de ateísmo. Mas nós podemos muito bem avaliar os princípios de cada uma dessas filosofias.

Tudo isso graças à Evolução Universal? V Para encerrar esta série, eu gostaria de falar da relevância que cada cultura teve ao longo da história. Logicamente que não vou ser maquiavélico e querer usar os quase dois mil anos do pensamento cristão com os pouco mais de cento e vinte anos de ateísmo. Mas nós podemos muito bem avaliar os princípios de cada uma dessas filosofias.

Pinterest
Search